terça-feira, 27 de outubro de 2009

Chove Chuva… Chove sem parar – recordes de 2009

Mudanças Climáticas : Manchetes tiradas do site do Clima Tempo deste semestre depois do recorde de Julho.

  It's raining here without you por aknacer     Alagamento Rua Gomes de Carvalho por marcelmongs      2004_Chuva_Parafusos por VRfoto

Esta na hora de repensarmos nossas vidas e nossos processos construtivos…

O que está acontecendo de diferente para chover tanto assim, na época de seca? A resposta pode estar no novo evento El Nino que se desenvolve no Oceano Pacífico. As águas da porção central e leste do Pacífico, que abrange a costa do Peru, já estão de 0,5ºC a 1ºC mais quentes do que a média. Este aquecimento gera alterações na direção e na intensidade dos ventos que já estariam refletindo no padrão de precipitações sobre o Brasil.

Previsão de muita chuva   segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Semana com chuva em grande parte do País  domingo, 25 de outubro de 2009

Chuvarada no Sudeste   quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Por que tanta chuva no Sul toda semana? segunda-feira, 12 de outubro de 2009

São Paulo já tem chuva demais em setembro terça-feira, 22 de setembro de 2009

Chuva de agosto em São Paulo já é recorde de 23 anos sexta-feira, 21 de agosto de 2009

É chuva demais para agosto. Os 96,6 milímetros acumulados até esta sexta-feira representam quase três vezes a média de chuva do mês, que é de 37 milímetros. Se estivéssemos no verão, estaria tudo certo, porque é época de chuva. Mas agosto tradicionalmente é mês de seca. O normal é não chover. A média de chuva de agosto é a menor do ano.

Mas agosto ainda não terminou e há previsão mais chuva para os próximos dias. A chuva de agosto de 2009 poderá ser um recorde ainda maior. A estimativa inicial feita por supercomputadores indica um total de 45 milímetros de chuva até a terça-feira, dia 25. Se este valor se confirmar, a cidade de São Paulo estará muito perto de ter o agosto mais chuvoso desde 1943, considerando as medições do Mirante de Santana. Até agora, a maior quantidade histórica de chuva acumulada em agosto neste local é de 143,6 milímetros, em 1976.

Em julho, a cidade de São Paulo também teve um recorde de chuva histórico, O Instituto Nacional de Meteorologia registrou cerca de 177 milímetros de chuva, a maior quantidade em um mês de julho no Mirante de Santana desde 1943, quando começaram as medições regulares neste local.

Com tanta chuva fora de hora, é natural perguntar de quem é a culpa? O que está acontecendo de diferente para chover tanto assim, na época de seca? A resposta pode estar no novo evento El Nino que se desenvolve no Oceano Pacífico. As águas da porção central e leste do Pacífico, que abrange a costa do Peru, já estão de 0,5ºC a 1ºC mais quentes do que a média. Este aquecimento gera alterações na direção e na intensidade dos ventos que já estariam refletindo no padrão de precipitações sobre o Brasil.

São Paulo tem julho mais chuvoso desde 1943 segunda-feira, 27 de julho de 2009

Água escorrendo das paredes na cidade de São Paulo, dentro de casa, como se estivesse chovendo, e não tinha cano furado. Lama no interior de São Paulo em julho? Situações como estas são totalmente estranhas e incomuns em julho, um tradicionalmente de seca. Em geral, quase não chove. Muitas áreas no interior do Estado de São Paulo estão acostumadas a passar duas semanas ou mais sem uma gota de chuva. O que está acontecendo?

É chuva demais, é umidade demais! Desde 1943, nunca choveu tanto em julho na cidade de São Paulo, como está sendo observado em 2009.

A chuva vai parar? Não. Ainda não. Ventos marítimos continuam trazendo umidade para a Grande São Paulo, o que mantém a formação de nuvens, o ar muito úmido. Na quarta-feira, outra frente fria passa pelo litoral paulista e o tempo fica até mais chuvoso na quinta e na sexta-feira. A roupa não vai secar direito, a sensação de desconforto será grande.

Nenhum comentário:

Postar um comentário