terça-feira, 13 de maio de 2014

Prêmio do Acelera Startup FIESP

 

Muito Feliz! Muito trabalho e muitos obstaculos virão e sei que vamos ultrapassar todos eles!

Brilho nos olhos são o combustível para chegarmos aos nossos objetivos sonhados!

Vejam o video na matéria da FIESP

http://www.fiesp.com.br/noticias/fiesp-anuncia-vencedores-do-concurso-acelera-startup/

 

Da esquerda para a direita, o 2º, 1º e 3 colocados do Acelera. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

O terceiro colocado, anunciado por Bruno Ghizoni, diretor do CJE e coordenador do Acelera Startup, foi o engenheiro Rubens Benbassat, com o projeto Banheiro 360°, uma forma empreendedora de recriar com inovação banheiros e espaços físicos em Residenciais compactos, Hotéis, Feiras e Navios.

“Esse prêmio vai servir de motivação para conquistas futuras”, disse o terceiro colocado. “Agora, sendo acelerado, meu projeto tem mais chances de ser um sucesso”, completou. “Espero que um dia todos usem os meus banheiros”, brincou Benbassat.

Fiesp anuncia vencedores do concurso Acelera Startup

Equipe CJE - FIESP e os 3 ganhadores

O Sonho Grande - como foi escrito

Materia da BI conta como foi escrito O Sonho Grande

Cristiane-Correa-Sonho-Grande

 

A jornalista e escritora Cristiane Correa, autora do livro Sonho Grande, palestrou no dia 25 de setembro para estudantes do Programa Master, curso de Pós-MBA voltado para CEO’s, diretores e executivos de alto escalão.

O livro Sonho Grande conta a história dos três sócios Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira, que ergueram, em pouco mais de quatro décadas, o maior império da história do capitalismo brasileiro. “Eles entenderam o que sabem fazer bem e vão replicar esse modelo de fazer negócios, que é adquirir marcas globais de bens de consumo do segmento de alimentos e bebidas”, afirmou Cristiane. Além de construir a maior empresa brasileira em valor de mercado, a Ambev, os sócios compraram alguns dos maiores ícones dos Estados Unidos, como a Budweiser, Burguer King e Heinz. Lemann é atualmente o homem mais rico do Brasil, com uma fortuna avaliada em 17,8 bilhões. Durante a palestra, os estudantes conheceram de perto os bastidores das negociações e puderam entender a cultura organizacional que rege as empresas dos sócios. “Eles utilizam uma receita única há mais de quarenta anos, que é baseada na meritocracia (dar oportunidade para quem dar mais resultados), partnership (possibilita ao colaborar se tornar sócio da empresa), simplicidade e controle de custos”, revelou Cristiane.

palestra-Cristiane-Correa

Para os executivos que assistiram à palestra, ficou claro que faz diferença ouvir histórias de empreendedores que tem lições para dar. “Este livro me ajudou muito e certamente está na cabeceira das pessoas que estão na batalha do empreendedorismo”, declarou Jean Francisco Cardoso, sócio-diretor do Grupo Alltech e aluno do Master em Global Management. “O que ficou de lição para mim foi o jeito frio com o qual esses sócios fazem negócio.

 Eles não tem medo de comprar um grupo maior que o deles, por exemplo. Percebi também que o foco deles é na perpetuação do negócio. É uma lição para a vida”, afirmou Rubens Benbassat, aluno do Master em Empreendedorismo e Inovação.