domingo, 21 de março de 2010

Mini Cars 2 - Veículos pequenos, leves e limpos - Lumeneo Smera - Futuro

Minha teoria continua evoluindo, uma revolução do veiculo hibrido poderá até acontecer nas próximas decadas.

Saindo o extinto Carver e evoluimos ao Smera

lumeneo-smera_1_3Ydgs_69 lumeneo-smera_8_6e1Vz_69

 lumeneo-smera_7_Hzgcv_69lumeneo-smera_6_51Vwe_69

Em tempos de discussão sobre o que fazer para diminuir o trânsito, uma das soluções mais apontadas, além da melhoria dos transportes públicos, é a racionalização dos meios. Afinal, é absurdo, sob todos os aspectos, usar um veículo de uma tonelada, em média, para carregar uma pessoa de cerca de 80 kg para um lado para o outro. Motos, sob esse aspecto, são muito mais racionais, mas a exposição às condições do tempo, entre outras questões, acaba limitando os veículos de duas rodas a uma parcela pequena da população. Outra solução, considerando o amor das pessoas ao conforto que os automóveis oferecem, é diminuir o tamanho e o peso deles. É nessa linha de raciocínio que o Lumeneo Smera aposta.
Apresentado no último Salão de Genebra, o modelo tem a largura de uma motocicleta, 80 cm, o que, teoricamente, permitiria que ele circulasse por alguns corredores. Se motos podem, por que não um carro estreito o suficiente?
Além de apenas 80 cm de largura, o Smera tem 2,45 m de comprimento, 1,70 m de entreeixos, 1,45 m de altura e apenas 350 kg, o que se torna ainda mais extraordinário por conta de o Smera ser um veículo exclusivamente elétrico. Este valor, diga-se, inclui as baterias, itens que costumam contribuir negativamente para o peso. As do pequeno Lumeneo são de íons de lítio, leves, resistentes (duram cerca de dez anos) e fáceis de recarregar. Além de ambientalmente correto, o Smera também é energeticamente eficiente: o que ele consome de eletricidade equivale a um consumo de 142,9 km/l, se usasse gasolina, segundo a empresa.
Na França, onde o carrinho será fabricado, há estacionamentos onde é possível recarregar as baterias, mas isso nem seria necessário. Com carga total, o Lumeneo roda até 150 km, atinge 130 km/h de velocidade máxima e, o que é melhor, acelera de 0 a 100 km/h em apenas 8 s, tempo que Honda Civic SI e VW Golf GTI, os melhores esportivos do Brasil, levam para realizar a mesma tarefa.
A potência é de 40 cv e o torque, de 1.000 Nm, explica porque o Smera nem precisa caprichar tanto na aceleração: ele é praticamente um dragster, ainda que suas rodas 145/70 R14 não ajudem muito.
Ao contrário do que pode parecer, o Lumeneo comporta duas pessoas em seu interior e ainda tem porta-malas, de 70 l, suficiente para carregar pequenas compras ou uma mochila. Sem o passageiro, o porta-malas chega a 150 l, quase a mesma capacidade disponível para o Ford Ka anterior.
Para quem acha o carrinho muito alto e estreito, é bom conhecer mais um aspecto do Smera que favorece sua estabilidade: ele inclina, como uma moto. Além do centro de gravidade baixo, ele tomba até 25º para dentro da curva que estiver fazendo, tornando o risco de capotagens menor.
A empresa ainda não fala em preços, mas eles devem ser altos, considerando a tecnologia empregada e os baixos volumes. A produção começa em 2009 e deve ficar em 250 unidades, com possibilidades de aumentar de acordo com a demanda. Ao Brasil, ele só chegaria importado, mas seria uma excelente alternativa para o trânsito das grandes cidades. Pequeno, leve e limpo. Só faltava ser acessível.

(28-03-08) - Webmotors

Vejam a realidade na pista no video do site oficial : http://www.lumeneo.fr/downloads.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário